Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Educação: Largura de banda "insuficiente" para aceitar preferências dos professores - FNE

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 jul - A Federação Nacional de Professores (FNE) disse hoje que "há momentos em que a largura de banda revela-se insuficiente", o que impede os professores de submeterem a manifestação das suas preferências para o ano letivo de 2012/1013.

Em declarações à agência Lusa, João Dias da Silva, secretário-geral da FNE, explicou que, devido ao elevado número de professores a aceder ao mesmo tempo aos serviços da Direção Geral da Administração Escolar (DGAE) para manifestar as suas preferências para o próximo ano letivo, a largura de banda é "insuficiente" quando este número atinge picos.

"Há uma largura de banda para que um dado número de candidatos possa simultaneamente manifestar as suas preferências e (...) há momentos em que a largura de banda se tem revelado insuficiente, o que significa que o sistema não aceita a submissão de candidaturas", explicou João Dias da Silva.