Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EDP promete "adequada análise" da condenação por um raio quando for notificada

Lusa

  • 333

Guimarães, 11 abr (Lusa) -- A EDP afirmou que, quando for notificada, fará "a adequada análise" do acórdão que a condena a pagar 15 mil euros a um casal de Braga, pelos danos morais resultantes de uma descarga elétrica provocada por um raio.

O acórdão, do Tribunal da Relação de Guimarães e a que a Lusa hoje teve acesso, é datado de 9 de abril.

"A EDP Distribuição não foi ainda notificada do acórdão", refere a empresa, em comunicado enviado à Lusa, acrescentando que está a aguardar a concretização da referida notificação "para ser feita a adequada análise".