Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Economista prevê que Macau entre em recessão técnica dentro de dois ou três anos

Lusa

  • 333

Macau, China, 30 nov (Lusa) - O economista Albano Martins prevê que a economia de Macau vai entrar em recessão técnica dentro de dois ou três anos, uma situação difícil de contrariar dada a dependência da região face ao jogo.

"Teremos muito provavelmente dentro de dois ou três anos uma recessão técnica da economia de Macau e, a partir daí, se não houver grandes mudanças na China, provavelmente teremos crescimentos de jogo apenas a um dígito, o que fará contrair a economia", disse o economista português, ligado às empresas do magnata do jogo Stanley Ho, em declarações à agência Lusa.

O Produto Interno Bruto (PIB) de Macau registou um crescimento de 10 por cento em termos reais entre janeiro e setembro face a igual período de 2011 para 219,7 mil milhões de patacas (21 mil milhões de euros) e de 5,1 por cento no terceiro trimestre para 74,9 mil milhões de patacas (7,2 mil milhões de euros), revelam dados oficiais hoje divulgados.