Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Economia vai cair 2,7% em 2013 e dívida pública atinge máximo de 131% do PIB em 2016 - Nomura

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 out (Lusa) -- O banco japonês Nomura considera que a proposta de Orçamento do Estado para 2013 depende demasiado de receitas, projetando uma recessão de 2,7 por cento em 2013 e que a dívida pública atinja os 131% do PIB em 2016.

Numa análise divulgada hoje pelo departamento europeu do banco japonês Nomura, os economistas preveem que o esforço orçamental "depende esmagadoramente de medidas do lado da receita" e lembra que isto "cria riscos de implementação significativos num ambiente recessivo" e que leva por sua vez a que o esforço total de consolidação previsto no programa para o total do período seja muito superior ao estimado inicialmente.

Sobre a estrutura do ajustamento que está incluído na proposta de Orçamento -- 80 por cento do lado da receita, 20 por cento do lado da despesa --, diz que por esta razão "não admira que a 'troika' tenha exigido uma série de medidas de contingência do lado da despesa, enquanto é exigido que o Governo aumente os seus esforços para reduzir a despesa".