Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos" -- administrador da Siemens Portugal

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 nov (Lusa) - O administrador-delegado da Siemens Portugal, Carlos Melo Ribeiro, considerou hoje que Portugal só conseguirá sair da crise através da eliminação de postos de trabalho na Função Pública, apontando para uma redução de 100 a 200 mil trabalhadores.

"É preciso diminuir 100 a 200 mil funcionários públicos", afirmou o responsável durante a sua intervenção na conferência "Crescer, um desígnio nacional", promovida pela Associação Comercial de Lisboa, em parceria com o semanário Sol, na capital portuguesa.

Segundo o responsável, Portugal, dado o seu Produto Interno Bruto (PIB), deveria ter no máximo 400 mil funcionários públicos e, no seu entender, há maneiras de fazer esta redução "sem tragédia".