Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

É preciso conter "euforia e entusiasmo" sobre recursos naturais de Moçambique - ex-ministro

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 mar (Lusa) -- O antigo ministro do Comércio Indústria e Turismo de Moçambique Manuel Aranda da Silva disse hoje em Lisboa que a economia moçambicana pode crescer, mas é preciso conter a "euforia e entusiasmo" sobre os recursos naturais.

"Numa visão conservadora, se houver investimento o Produto Interno Bruto aumentará três vezes o que é hoje nos próximos 18 anos, mas, para isso, tem de haver extração de recursos. Há uma espécie de euforia e entusiasmo que pode levar as pessoas a sonhar com coisas que não acontecem", afirmou Manuel Aranda da Silva.

Ministro do Comércio, Indústria e Turismo (1980-1989) do governo moçambicano e mais tarde coordenador de programas das Nações Unidas em Angola, na Somália e no Sudão, Aranda da Silva participou hoje num seminário promovido pelo Centro NOVAFRICA, na Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa.