Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Durão Barroso sublinha importância de destinar fundos para reduzir tensão social

Lusa

  • 333

Bruxelas, 10 out (Lusa) -- O presidente da Comissão Europeia defendeu hoje a necessidade de os Estados-membros, sobretudo aqueles que atravessam reformas económicas profundas, destinarem parte dos fundos comunitários para combater os custos sociais da crise, que fez aumentar as disparidades na Europa.

Intervindo numa conferência, em Bruxelas, sobre como "restaurar a convergência sócio-económica na Europa", José Manuel Durão Barroso apontou que "a crise levou a riscos crescentes de pobreza e exclusão social e do mercado de trabalho em vários Estados-membros, e as disparidades entre os Estados-membros estão também a aumentar".

Segundo o presidente do executivo comunitário, "tal ameaça não só as perspetivas de competitividade da Europa num mundo globalizado, como também ameaça fazer espalhar consequências sociais e económicas negativas, já que não apenas os indivíduos, mas também a sociedade como um todo carrega os custos económicos e sociais de desemprego, pobreza e exclusão social", pelo que é necessário agir em conformidade.