Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Duarte Lima pediu extinção de pedido de indemnização de 54 ME por dívida ao BPN

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jul (Lusa) - Duarte Lima pediu ao tribunal a extinção da indemnização de quase 54 milhões de euros (ME), apresentada pela sociedade Parvalorem, no processo relativo a terrenos em Oeiras, adquiridos em 2007, com empréstimo concedido pelo BPN.

A Parvalorem, sociedade criada no âmbito do Ministério das Finanças para recuperar créditos do Banco Português de Negócios (BPN), quer ser ressarcida até 53.530.654,37 euros pelos seis arguidos, apesar de a escritura pública ter dado como extinta a dívida da Homeland, sociedade constituída por Duarte Lima, pelo filho, Pedro Lima, e por Vítor Raposo, que também estão a ser julgados neste processo.

A escritura de dação em pagamento dos terrenos, a que a agência Lusa teve acesso, celebrada a 20 de março deste ano, considera "extintos totalmente, no indicado montante de 53.530.654,37, os créditos" da Parvalorem sobre a Homeland, como assume a defesa de Duarte Lima.