Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dois em cada três funcionários públicos de "baixa" em 2012 estavam aptos para trabalhar

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 mai (Lusa) -- Dois em cada três pensionistas da Caixa Geral de Aposentações (CGA) que estavam de "baixa" médica em 2012 e tiveram de se apresentar a uma junta médica foram considerados aptos para trabalhar, segundo o Relatório e Contas daquela instituição.

De acordo com o documento, no ano passado, dos funcionários que estiveram de "baixa", 4.895 pessoas foram chamados a juntas médicas, sendo que 66,4% foram consideradas aptas para exercer funções no trabalho, o que representa 3.252 utentes.

Este valor mostra um aumento do número de funcionários chamados a juntas médicas em 2012 face ao ano anterior, mas apresenta uma percentagem semelhante de trabalhadores considerados aptos para exercer funções.