Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Divida dos clubes espanhóis à segurança social ascende aos 16 milhões de euros

Lusa

  • 333

Madrid, 07 jun (Lusa) -- A dívida total dos clubes de futebol espanhóis para com a segurança social ascendeu esta época aos 16,6 milhões de euros, revelou hoje o governo de José Luis Zapatero.

Segundo informou o governo espanhol durante uma sessão parlamentar, o relatório, concluído a 13 de maio, demonstra um aumento de 6 milhões de euros na divida total dos clubes da primeira, segunda e segunda divisão B para com a segurança social, entre as épocas 2011/2012 e 2012/2013.

Os dados do relatório anual indicam que, entre as três divisões do campeonato espanhol, os clubes que são sociedades anónimas desportivas (SAD) "acumularam uma dívida coletiva de cerca de 13 milhões de euros, dos quais 4,3 milhões são apenas de clubes da primeira liga espanhola".