Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Distrito de Bragança com 6.000 hipertensos diagnosticados sem acompanhamento

Lusa

  • 333

Bragança, 17 mai (Lusa) - Cerca de 6.000 pessoas do distrito de Bragança são hipertensas diagnosticadas sem acompanhamento clínico, divulgaram hoje responsáveis locais pela Saúde, que reconhecem a necessidade de reforçar o trabalho no terreno para chegar a estes doentes.

O isolamento e a dificuldade de acesso às unidades de saúde, devido às distâncias, podem ser em parte responsáveis por este afastamento do tratamento, como admitiu hoje Sílvia Costa da Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, que defende a necessidade de "ir á procura destes doentes".

A responsável garantiu que existem meios na região para este trabalho e que o que é necessário é os respetivos centros de saúde "trabalharem, envolverem as instituições, ir à procura deles [doentes]".