Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Discurso do Presidente do Irão na ONU foi "cínico" -- PM israelita

Lusa

  • 333

Jerusalém, 25 set (Lusa) -- O primeiro-ministro israelita, Benjamim Netanyahu, acusou, esta madrugada, o Presidente iraniano, Hassan Rohani, de proferir o que descreveu de um "discurso cínico, repleto de hipocrisia" na Assembleia-Geral das Nações Unidas.

Hassan Rohani, que assumiu o poder em junho com promessas de aliviar as tensões com o Ocidente e combater as sanções que têm penalizado a economia iraniana, afirmou, no seu discurso, em Nova Iorque, que o seu país não representa qualquer ameaça e que as armas nucleares de destruição massiva "não integram a doutrina de segurança e defesa" de Teerão.

No entanto, Benjamin Netanyahu não ficou convencido. "Cmo se esperava, tratou-se de um discurso cínico que estava repleto de hipocrisia", disse o primeiro-ministro israelita.