Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dirigentes lusos rejeitam pior desempenho de sempre nuns mundiais de atletismo

Lusa

  • 333

Moscovo, 17 ago (Lusa) - Os dirigentes da seleção portuguesa de atletismo rejeitam que a presente prestação no campeonato do Mundo de atletismo, em Moscovo, foi a pior dos atletas portugueses na história da prova.

"Não, eu sempre tive alguma aversão a fazer comparações desse tipo, são coisas que não são comparáveis. Claro que podemos fazer exercício estatístico, mas a estatística, como já alguém disse, é a arte de descer os números até onde nós queremos", declarou à Agência Lusa o presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira.

Jorge Vieira detalhou: "Em jeito de balanço, sempre disse que temos três grupos de atletas. O primeiro grupo é dos que chegaram perto daquilo que sonhavam. Esses, são os finalistas e semifinalistas, embora aqui possamos considerar o segundo grupo, os atletas que atingiram a classificação de semifinalistas, mas que eram atletas que poderiam ser finalistas. Refiro-me a Marco Fortes e Marcos Chuva".