Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Diretor executivo da Premier League defende castigo a McManaman

Lusa

  • 333

Londres, 21 mar (Lusa) -- O diretor executivo da Liga inglesa de futebol, Richard Scuadmore, insistiu hoje que a Federação Inglesa de Futebol (FA) deveria ter punido o jogador do Wigan Callum McManaman pela entrada "horrorosa" sobre Massadio Haidara, do Newcastle.

O árbitro Mark Halsey não mostrou qualquer cartão ao inglês no seguimento da jogada e a Federação não puniu o jogador, alegando que não se pode "rearbitrar" as decisões dos árbitros.

No entanto, as regras da Federação permitem que se avalie posteriormente incidentes "excecionais", e Scudamore acredita ser este o caso.