Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Diretor do Mecanismo Europeu de Estabilidade "não exclui" novo resgate a Portugal e Grécia

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jul (Lusa) - O diretor executivo do Mecanismo Europeu de Estabilidade (ESM) afirmou ao jornal brasileiro Valor Económico que o desempenho de Portugal até aos atuais "problemas políticos" era "muito bom", e não excluiu novo resgate ao país e à Grécia.

Em entrevista publicada hoje, o diretor executivo do ESM, Klaus Regling, afirma que "Portugal fez muito bem até algumas semanas atrás, quando começaram problemas políticos no Governo", adiantando que os "progressos têm sido importantes, o país implementou medidas fortes, mas não acabou e Portugal precisa de continuar".

No entanto, "se precisar de mais ajuda, o Governo pode pedir, mas é muito cedo para dizer [se necessitará] porque o programa de Portugal tem ainda quase um ano até acabar na metade de 2014", apontou.