Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Diretor do laboratório de Lausana ensinou Armstrong a iludir testes de EPO

Lusa

  • 333

Lausana, Suíça, 10 jan (Lusa) -- O presidente da Agência antidopagem dos Estados Unidos (USADA) voltou na madrugada de hoje a acusar o laboratório de Lausana de ter fornecido a Lance Armstrong "as chaves" dos testes detetores de EPO.

No programa "60 minutos", emitido na madrugada de hoje nos Estados Unidos, Travis Tygart recordou um episódio com o diretor do laboratório de Lausana, ocorrido durante um jantar em 2010.

"Ele sentou-se ao meu lado e disse-me: Travis, há um frasco do Lance Armstrong [da Volta à Suíça de 2001] que indica que ele usou EPO. Também nos contou que lhe foi ordenado pela União Ciclista Internacional (UCI) encontrar-se com Armstrong e com Johan Bruyneel para lhes explicar o método de deteção de EPO, algo inédito para ele", contou na entrevista.