Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Direitos Humanos: Amnistia apela à defesa e salvaguarda dos migrantes

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 jun (Lusa) -- A Amnistia Internacional apelou hoje às instituições europeias e aos governos dos Estados-Membros para que deixem de colocar as pessoas em risco nas fronteiras da Europa.

O apelo é reforçado com a promoção de uma petição pública endereçada aos membros do Parlamento Europeu e o lançamento de uma campanha, designada 'Quando Você Não Existe', que tem como objetivo acompanhar a situação destas "pessoas em movimento".

A Amnistia Internacional considera que "a Europa falha no que diz respeito à promoção e ao respeito pelos direitos dos migrantes, requerentes de asilo e refugiados. A hostilidade é generalizada e, muitas vezes, os casos de maus-tratos não são denunciados".