Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Direitos de TV concentrados na Liga podem triplicar verbas pagas aos clubes - Mário Figueiredo

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 out (Lusa) -- O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) defendeu hoje na Assembleia da República a centralização dos direitos televisivos dos campeonatos naquele organismo, que a concretizar-se "poderá duplicar ou mesmo triplicar" as verbas pagas aos clubes.

"Atualmente, os clubes auferem 63 a 64 milhões de euros. Num cenário de abertura da concorrência, com os direitos centralizados na Liga, o valor pode duplicar ou mesmo triplicar", disse Mário Figueiredo, baseando-se num estudo económico pedido pela Liga a uma empresa britânica.

Na Comissão de Educação, Ciência e Cultura, o presidente da LPFP explicou que atualmente os direitos de transmissão são vendidos individualmente a um único operador, a Olivedesportos.