Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Direção do PS acusa Costa de "deslealdade" por processo no avanço para a liderança

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 jan (Lusa) - A direção do PS reagiu hoje, em bloco, considerando que a possibilidade de António Costa se candidatar a secretário-geral do partido, em simultâneo com a candidatura à Câmara de Lisboa, representa uma "deslealdade".

Estas posições foram assumidas pelo porta-voz do PS, João Ribeiro, e pelo secretário nacional para a Organização, Miguel Laranjeiro, à entrada para a reunião da Comissão Política dos socialistas.

Segundo a edição eletrónica do Expresso, António Costa prepara-se para anunciar que se candidatará a secretário-geral do PS e à Câmara de Lisboa.