Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Direção do Beira-Mar "repudia liminarmente" acusações da SAD

Lusa

  • 333

Aveiro, 13 jun (Lusa) - A direção do Beira-Mar "repudia liminarmente" o comunicado da SAD em que a empresa do acionista maioritário, o iraniano Majid Pishyar, acusou os dirigentes aveirenses de alegado incumprimento relativamente à gestão do estádio.

A direção "aurinegra" esclareceu, em comunicado, que propôs à EMA, empresa municipal com a qual tinha acordo para a gestão do estádio, passar a mesma para a SAD, mas garantiu que, "até hoje, não obteve qualquer resposta".

Os dirigentes do clube de Aveiro acrescentam que "quanto ao pagamento do passivo nunca houve disponibilidade por parte da SAD para agendar pagamentos, nem mesmo quando solicitada".