Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dieta mediterrânica e exercício físico compensam predisposição genética para obesidade - estudo

Lusa

  • 333

Madrid, 08 fev (Lusa) -- A conjunção da dieta mediterrânica com exercício físico compensa ou "anula" a predisposição genética para a obesidade, indica um estudo divulgado na revista científica Plos One.

A equipa de investigadores do Centro de Investigação Biomédica em Rede e Fisiopatologia da Obesidade e Nutrição (Ciberobn), dirigida por Dolores Corella, analisou dois genes ligados à obesidade, o FTO e o MC4R, e trabalhou com uma amostra de 7.052 participantes.

O FTO é o principal gene associado à obesidade comum em todas as populações e um dos principais responsáveis pela acumulação de gordura, enquanto o MC4R é o segundo em importância nos estudos do genoma, informou o Ciberobn.