Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Diário reformista Bahar proibido no Irão

Lusa

  • 333

Teerão, Irão, 28 out (Lusa) -- O diário reformista Bahar (Primavera) foi proibido pela Comissão de Supervisão da Imprensa do Irão por ter publicado um artigo que colocava em causa, segundo os críticos, as "crenças xiitas", informou hoje a imprensa iraniana.

"A comissão proibiu o diário Bahar e submeteu o caso à Justiça", declarou o secretário da comissão, Allaeddine Zohourian, citado pela agência AFP.

O artigo, publicado na quarta-feira passada, suscitou várias críticas e a direção do jornal apresentou um pedido de desculpa, alegando que a peça era "contrária à linha política" do diário e invocou um "erro involuntário".