Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Diário de Notícias da Madeira corta 28 postos de trabalho

Lusa

  • 333

Funchal, 10 mai (Lusa) -- A gerência da Empresa do Diário de Notícias (EDN), proprietária do Diário de Notícias da Madeira, um dos títulos mais antigos do país, anunciou hoje a redução de 28 postos de trabalho para poder continuar a publicar o jornal.

Num comunicado disponível no sítio na Internet do Diário de Notícias da Madeira, a gerência informa que "a EDN vem-se encontrando, por conhecidas razões, em situação económico-financeira deficitária, que não foi superada apesar dos esforços dos seus trabalhadores, da redução de custos e das medidas de saneamento financeiro entretanto implementadas".

"Deste modo, a EDN vê-se obrigada a recorrer, a partir da presente data, a um processo de redução de 28 postos de trabalho de modo a assegurar a sua viabilização e a garantir a publicação do Diário", acrescenta o comunicado.