Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

DIAP deduz 5 acusações sobre crimes do mercado de valores mobiliários

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) -- O Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa deduziu cinco acusações relativas a crimes do mercado de valores mobiliários, em inquéritos com origem em participações da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

De acordo com a informação disponível na página da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa na internet, foi deduzida uma acusação por "dois crimes de abuso de informação privilegiada em operações sobre o título Banif contra um arguido, à data, presidente do Conselho de Administração do Finibanco", tendo sido obtidas mais-valias de cerca de 8.000 euros.

O DIAP deduziu também uma acusação por um crime de abuso de informação privilegiada, no contexto da Oferta Pública de Aquisição (OPA) do Montepio Geral sobre o Finibanco, contra dois arguidos: um vogal do Conselho de Administração do Finibanco e outro, seu familiar.