Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Diamantino Miranda pede desculpas e diz que foi "mal interpretado"

Lusa

  • 333

Maputo, 10 out (Lusa) - O treinador do clube de futebol Costa do Sol, o português Diamantino Miranda, pediu hoje "desculpas ao povo moçambicano", considerando que houve "uma interpretação mal feita" das declarações que levaram ao cancelamento da sua licença de trabalho no país.

O Ministério do Trabalho moçambicano cancelou a licença de trabalho de Diamantino Miranda, acusando o técnico de "falta de respeito, civismo e pelos valores consagrados na Constituição do país".

Diamantino Miranda, que cumpre a segunda temporada à frente do Costa do Sol, envolveu-se numa polémica, ao afirmar que "todos aqui são ladrões", durante uma discussão com jornalistas que cobriam um jogo entre a sua equipa e o Vilankulos FC.