Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dez mortes em dois anos nas novas barragens e estradas do Nordeste Transmontano

Lusa

  • 333

Redação, 11 out (Lusa) -- As obras das novas estradas e barragens em curso no Nordeste Transmontano custaram a vida a dez trabalhadores em dois anos.

A região transformou-se num estaleiro, desde 2008, com a construção de estradas reclamadas há décadas, como o IC5 e IP2, da Autoestrada Transmontana e das barragens do Baixo Sabor e de Foz Tua.

Todas as obras daquele que é o maior investimento de sempre no distrito de Bragança, superior a 2.000 milhões de euros, estão já marcadas por acidentes mortais, o último dos quais ocorreu quarta-feira à noite na construção do paredão principal da barragem do Baixo Sabor.