Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dez japoneses continuam desaparecidos na Argélia depois do fim da crise de reféns

Lusa

  • 333

Tóquio, 20 jan (Lusa) -- Dez japoneses continuam desaparecidos horas depois do fim da crise de reféns numa exploração de gás no sul da Argélia, informou hoje a empresa nipónica para a qual trabalhavam.

"Temos a confirmação de que 41 dos nossos funcionários estão sãos e salvos, mas o destino de 10 japoneses e de outros sete estrangeiros continua por determinar", declarou Takeshi Endo, porta-voz da empresa JGC Corp, que tinha 78 trabalhadores na exploração de gás argelina.

A crise de reféns na Argélia terminou com a morte de 23 estrangeiros e argelinos e de 32 islamitas que tomaram a exploração de gás na quarta-feira, segundo um balanço provisório das autoridades da Argélia.