Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Detidos nove empresários indiciados de fraude fiscal de mais de 22 milhões de euros

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 nov (Lusa) - A Polícia Judiciária (PJ) deteve nove empresários, com idades compreendidas entre 30 e 60 anos, indiciados da prática continuada de crimes de associação criminosa, fraude fiscal e branqueamento de capitais, comunicou hoje aquela corporação.

Os detidos pertenciam a dois grupos de pessoas do setor da compra e venda de metais preciosos, que faziam transações comerciais sem as declararem ao Fisco ou falseando-as, lesando o Estado "em dezenas de milhões de euros, em sede de IRC e IVA".

As detenções, em cumprimento de mandado judicial, realizaram-se no âmbito de investigações desenvolvidas pela Diretoria do Norte da PJ, em dois inquéritos dirigidos pelo Ministério Público, e a correr termos no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).