Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Detido alegado chefe das FARC acusado de atentado contra ex-Presidente colombiano

Lusa

  • 333

Bogotá, 23 mar (Lusa) -- Um alegado chefe das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, acusado de ter participado num atentado contra o ex-Presidente Álvaro Uribe durante a sua tomada de posse, foi detido na sexta-feira, informou a polícia.

Jaime Aguilar Ramírez, conhecido como "Dionisio Rayo", alegadamente membro das FARC há 27 anos, foi detido na localidade de Castillo e levado para Bogotá, segundo um comunicado da polícia colombiana.

Este alegado membro das FARC é irmão de Gerardo Aguilar Ramírez, capturado em 2008 no âmbito de uma operação que culminou na libertação da ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt, 11 polícias e militares e três norte-americanos, segundo as autoridades colombianas.