Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Detetada no fundo de um tanque fissura na origem de fuga radioativa em Fukushima

Lusa

  • 333

Tóquio, 26 set (Lusa) -- A operadora da central nuclear de Fukushima revelou ter encontrado no fundo de um dos tanques de armazenamento de água radioativa uma pequena fissura que está na origem das suas fugas, depois de cerca de um mês e meio de investigações.

Os técnicos da central de Fukushima que, na semana passada, começaram a desmantelar o tanque com defeito após detetado o primeiro vazamento, aplicaram espuma nas juntas dos contentores para poder desvendar a origem das fugas, detalhou a cadeia de televisão japonesa NHK.

A Tokyo Electric Power (TEPCO) conta com aproximadamente 350 tanques deste tipo em toda a central, fabricados pouco depois do acidente nuclear provocado pelo tsunami de março de 2011 foram montados com recurso a materiais mais baratos, como resina e fixações metálicas, utilizados para unir juntas no lugar da soldadura.