Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Desperdício alimentar é "crime contra os que passam mal" - Conferência Episcopal

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 dez (Lusa) - O porta-voz da Conferência Episcopal, o padre Manuel Morujão, considerou hoje o desperdício alimentar "um crime contra aqueles que estão a passar mal", sublinhado que há "inércia e falta de iniciativa para rentabilizar o que sobra".

"Sendo a alimentação um assunto de emergência nacional porque há franjas da nossa população que sabem que a palavra fome não está no dicionário a mais, mas é uma experiência viva que sentem, todo o desperdício é de alguma maneira um crime contra aqueles que estão a passar mal sobretudo nestes tempos de crise. É uma desonestidade que importa evitar", disse Manuel Morujão.