Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Desequilíbrios económicos na zona euro "estão a inverter-se" - governo alemão

Lusa

  • 333

Berlim, 22 out (Lusa) - Os desequilíbrios macroeconómicos anteriores à crise entre os parceiros da moeda única "estão a inverter-se, e os défices das respetivas balanças de pagamentos têm recuado sistematicamente ", sublinhou hoje o Ministério das Finanças alemão.

Em editorial publicado no relatório mensal do ministério, o secretário de Estado das Finanças, Thomas Steffen, acrescentou que os sucessos que foram alcançados pelos países mais vulneráveis da moeda única "reforçam a ideia" de prosseguir o caminho traçado.

"Embora ainda haja muito a percorrer para superar a crise da dívida, seria desastroso mudar agora de direção, porque os défices orçamentais voltariam a subir, e a confiança, que tem aumentado lentamente, estaria de novo em risco", referiu ainda o membro do governo alemão.