Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Descoberta a galáxia mais luminosa no universo mais próximo da Terra

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 nov (Lusa) - Uma equipa internacional de astrónomos, incluindo o português José Afonso, descobriu a galáxia mais luminosa no universo mais próximo da Terra, com um brilho superior a 10 biliões de estrelas como o Sol, informou hoje a Universidade de Lisboa.

A galáxia (grande conjunto de estrelas) situa-se a dois mil milhões de anos-luz da Terra, no chamado Universo Local.

Em declarações à agência Lusa, o diretor do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL), José Afonso, adiantou que o próximo passo da investigação será perceber de que forma se formou a grande luminosidade da galáxia, que estará associada a "uma formação de estrelas explosiva" e à atividade que rodeia um "buraco negro gigantesco" central, que, "ao engolir material", fá-lo "brilhar de forma muito intensa".