Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Descida de suicídios abrandou após início da crise económica - relatório OMS

Lusa

  • 333

Redação, 13 mar (Lusa) - A tendência de descida das taxas de suicídio na Europa abrandou desde 2008, coincidindo com o início da crise económica, revela um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a saúde em 53 países da região.

Após uma subida em meados dos anos 1990, as taxas de suicídio regrediram entre 25 a 40 por cento, mas este ritmo tornou-se mais lento nos últimos anos, tendo mesmo alguns países registado uma inversão.

Segundo Ritu Sadana, editora responsável pelo relatório, ainda é cedo para tirar conclusões definitivas, sendo necessário compilar dados por um período mais longo de tempo.