Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Deschamps e Nasri apostados em inverter injustiça, Fomenko queria o 3-0

Lusa

  • 333

Kiev, 15 nov (Lusa) -- O selecionador francês de futebol, Didier Deschamps, lamentou hoje as oportunidades perdidas, que ditaram uma "derrota dura" por 2-0 na Ucrânia, que deixa os gauleses em grandes dificuldades na corrida ao Mundial de 2014.

"É duro perdeu por 2-0 um jogo que comandámos, em que tivemos mais tempo a bola e fizemos mais remates. Mas, foi a Ucrânia que marcou dois golos e está em vantagem. Temos de recuperar e jogar a fundo na terça-feira", afirmou o técnico gaulês.

De acordo com Deschamps, o resultado de Kiev confirma que a Ucrânia "é uma equipa com a qual não é fácil jogar".