Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Deputados do PSD e PS trocam acusações quanto ao adiamento de nova Lei Eleitoral Autárquica

Lusa

  • 333

Aveiro 20 fev (Lusa) - Carlos Abreu Amorim (PSD) e Mota Andrade (PS) trocaram hoje acusações quanto à responsabilidade dos respetivos partidos no adiamento de uma nova Lei Eleitoral Autárquica por "oportunidade política".

Os dois deputados integraram um painel de convidados para debater a reforma da administração local e o futuro dos concelhos, numa iniciativa que encheu o auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda, que ministra um curso de gestão pública e autárquica.

Carlos Abreu Amorim reconheceu que o momento de constrangimento financeiro do país condicionou o início da reforma, mas salientou que não resulta do memorando de entendimento com a 'troika', sendo antes um desejo partilhado pelos dois maiores partidos autárquicos e nacionais, que tem sido adiado por "oportunidade" política.