Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Deputado da Madeira, administrador de insolvência e dois empresários acusados de corrupção

Lusa

  • 333

Santa Cruz, 24 abr (Lusa) -- O Ministério Público (MP) acusou um deputado do CDS-PP/Madeira, um administrador de insolvência e um empresário de um crime de corrupção passiva para ato ilícito, um crime de falsificação de documento e um crime de branqueamento de capitais.

O MP na comarca de Santa Cruz pede para estes arguidos, o gestor e parlamentar Lino Abreu, o administrador Rúben de Freitas e o empresário Adelino Gonçalves a pena acessória de proibição de exercício de funções.

Um quarto arguido, o empresário Francisco Ferreira, foi acusado pelo MP de um crime de corrupção ativa e outro de falsificação de documento.