Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dengue: "Procura anormal" de repelentes nas farmácias -- ANF

Lusa

  • 333

Funchal, 04 out (Lusa) -- As farmácias da Madeira estão a registar uma "procura anormal" de repelentes desde quarta-feira, quando foram confirmados pelas autoridades de saúde da região dois casos de febre de dengue e 22 outras situações suspeitas.

Um dos delegados da Associação Nacional de Farmácias (ANF) na Madeira, Francisco Araújo, disse à agência Lusa que "quando surgiram as primeiras notícias notou-se uma procura maior e anormal deste tipo de fármaco", referindo que nalgumas farmácias já não existe o repelente aconselhado para esta situação.

Na quarta-feira, o Instituto de Administração da Saúde e Assuntos Sociais da Madeira revelou a existência de dois casos confirmados -- um homem e uma mulher, residentes no Funchal e Santa Cruz - de febre de dengue e 22 outras situações suspeitas, que ainda estão em análise no Instituto Nacional de Saúde dr. Ricardo Jorge, sendo todos relativos a pessoas residentes na Madeira que não saíram da região.