Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Demissões na Casa da Música resultam da política cega do Governo - PS/Porto

Lusa

  • 333

Porto, 19 dez (Lusa) -- O presidente da Federação Distrital do PS/Porto, José Luís Carneiro, lamentou hoje a demissão da administração da Casa da Música (CdM), considerando ser resultado "da política cega do Governo que continuar a dilacerar o Porto e o Norte".

Em comunicado enviado à Lusa, José Luís Carneiro afirma que o corte de 30% no financiamento estatal dado à CdM "é mais um rude golpe, desta feita numa instituição que representa uma extraordinária mais-valia para a cidade e a região".

Para o líder da distrital do PS/Porto, mais uma vez, "o Porto e toda a sua região são confrontados com os resultados de uma política abrasiva, quer em termos sociais, quer agora na vertente cultural, decapitando e desvalorizando o papel da CdM enquanto plataforma de referência da cultura e da arte".