Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Défice das administrações públicas em contabilidade pública fica a 699 ME do limite da 'troika' em 2012

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 jan (Lusa) -- O défice das administrações públicas em contabilidade pública atingiu os 8.329 milhões de euros, cerca de 5% do Produto Interno Bruto (PIB), cumprindo por 699 milhões de euros o limite estabelecido no Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF).

De acordo com os dados hoje divulgados pela Direção-Geral do Orçamento (DGO), na síntese de execução orçamental que fecha o ano de 2012, o défice em contabilidade pública e segundo os critérios acordados com a 'troika' ficou-se pelos 8.329 milhões de euros (5% do PIB), quando o limite um limite estabelecido com a 'troika' era de 9.028 milhões de euros (5,4% do PIB).

Estes números já tinham sido avançados pelo ministro das Finanças, Vítor Gaspar, em conferência de imprensa na segunda-feira em Bruxelas, após uma reunião do Eurogrupo.