Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Defesa: CEMGFA garante competências do Comando Operacional dos Acores

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 06 jun (Lusa) -- O Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas, Luís Araújo, garantiu hoje que o Comando Operacional dos Açores (COA) manterá "todas as atribuições, responsabilidades e competências", apesar do "emagrecimento" perspetivado para a estrutura superior militar em Portugal.

"No âmbito da reorganização da estrutura superior das Forças Armadas, estamos a estudar linhas de ação para emagrecer", afirmou Luís Araújo, acrescentando que o COA "existirá sempre, como o Comando Operacional da Madeira".

O Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), que falava aos jornalistas no final da cerimónia de tomada de posse do novo Comandante Operacional dos Açores, vice-almirante Augusto Ezequiel, admitiu, no entanto, uma alteração que poderá ocorrer ao nível da dependência direta do COA.