Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Deco considera investimento em PPR um "mau negócio"

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 out (Lusa) -- A Deco -- Associação para a Defesa do Consumidor considera que atualmente os planos de poupança-reforma (PPR) são um "mau negócio" face aos baixo retornos oferecidos e à perda de benefícios fiscais.

"Estão menos interessantes do ponto de vista fiscal, rendem abaixo de muitos depósitos a prazo e cobram comissões superiores às dos fundos mistos", considera a Proteste Investe de outubro.

A revista publicada pela Deco considera que quem já tem um PPR deve deixar de fazer novas entregas e transferir o capital para um plano "mais rentável e com menos custos". A publicação analisou 72 fundos e seguros e sugere os mais interessantes.