Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

DECO assume que errou ao incluir água de S. João da Madeira na lista das mais caras

Lusa

  • 333

S. João da Madeira, 26 mar (Lusa) - A Câmara Municipal de S. João da Madeira divulgou hoje uma carta em que a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) assume ter errado ao incluir a água desse concelho na lista das mais caras do país.

Em causa está a antecipação, na semana passada, da edição de abril da revista Proteste, referindo que os municípios de S. João da Madeira, Trofa, Vila do Conde e Santo Tirso se situavam "no pelotão da frente dos preços mais elevados de água".

A autarquia são-joanense alertou então a associação para o que considera ser um "erro grosseiro" - já que a água distribuída no concelho custa metade do preço apresentado na revista - e a DECO respondeu com um pedido de desculpas, explicando que a incorreção se ficou a dever à "singularidade" da fatura municipal.