Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Decisão judicial não obrigou a laqueação de trompas - Associação de Juízes

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jan (Lusa) -- A Associação Sindical dos Juízes esclareceu hoje que "não foi a decisão judicial" que determinou que uma mulher a quem foram retirados sete filhos fosse submetida a uma laqueação de trompas.

"A laqueação de trompas foi algo que a mãe havia já aceitado voluntariamente fazer, no âmbito do acompanhamento médico relativo ao planeamento familiar", refere uma nota de esclarecimento da ASJP enviada à agência Lusa.

A associação dos juízes explica que decidiu fazer um "esclarecimento público" na sequência das notícias divulgadas na comunicação social sobre o caso de uma mãe a quem foram retirados sete dos nove filhos para adoção.