Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cuba: Dezenas de opositores detidos no funeral de Payá, incluindo Guillermo Farinas

Lusa

  • 333

Havana, 24 jul (Lusa) -- A polícia deteve hoje várias dezenas de opositores cubanos no funeral de Oswaldo Payá, um reconhecido ativista político que morreu no domingo num acidente automóvel, segundo o testemunho de jornalistas da agência noticiosa France Press.

Entre os detidos está Guillermo Farinas, ativista cubano que em 2010 foi reconhecido com o Prémio Sakharov, galardão atribuído pelo Parlamento Europeu. Nesse mesmo ano, Farinas, um dos mais mediáticos dissidentes cubanos, efetuou uma greve de fome de mais de 130 dias. Em cerca de 15 anos, já realizou mais de 20 greves de fome.

De acordo com a France Press, Farinas foi detido por elementos da polícia à paisana fora da igreja onde estavam a decorrer as cerimónias fúnebres de Payá.