Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise/protestos: Violência é anti-produtiva e destrutiva - subscritor do "Que se lixe a troika!"

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 set (Lusa) -- Os subscritores do apelo "Que se lixe a troika! Queremos as nossas vidas!" consideraram hoje que o recurso à violência em manifestações é "anti-produtivo e destrutivo" da atividade de reivindicação política.

"A violência é um recurso que neste momento não faz sentido", disse João Camacho, um dos subscritores do apelo, quando questionado pelos jornalistas se os confrontos de esta semana em Espanha podem ter alguma influência na manifestação de sábado, convocada pela CGTP-IN.

João Camacho adiantou que o apelo, as convocatórias e as manifestações em Portugal têm-se pautado por serem "extremamente cívicas e bastante pacíficas", não existindo qualquer cenário que possa acontecer o contrário no sábado.