Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise política: PSD queria apoio do PS às atuais e futuras medidas acordadas com a 'troika'

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jul (Lusa) - O PSD propôs que o acordo com PS e CDS-PP implicasse o apoio às atuais e futuras medidas acordadas com a 'troika', com o compromisso de procurar ajustamentos e de envolver os socialistas nas próximas avaliações.

Os sociais-democratas divulgaram hoje na sua página da Internet a versão final da sua proposta de bases para um "compromisso de salvação nacional", depois de o secretário-geral do PS, António José Seguro, ter feito uma intervenção pública, na qual acusou a maioria PSD/CDS-PP de ter inviabilizado um entendimento.

A proposta de acordo do PSD tinha como primeiro ponto "assegurar a conclusão do Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) em junho de 2014, as condições de sustentabilidade das contas públicas e a transição para o pleno acesso ao financiamento de mercado", o que implicava o apoio "às medidas necessárias" para esses objetivos.