Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise política: PS quer maioria absoluta mas não descarta "acordos de incidência parlamentar"

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jul (Lusa) - O PS reiterou que ambiciona governar com maioria absoluta, não descartando, nesse cenário, a procura adicional de "acordos de incidência governamental", argumentando que uma maioria parlamentar "pode não ser suficiente" para existir "estabilidade política".

"O PS ambiciona governar o país com maioria absoluta. Se for essa a vontade dos portugueses, mesmo apoiado por uma maioria absoluta no parlamento, o Governo liderado pelo PS não descartará acordos de incidência governamental e empenhar-se-á na busca de acordos de incidência parlamentar", declararam os socialistas.

A declaração consta do documento com as propostas apresentadas pelo PS para o "compromisso de salvação nacional" pedido pelo Presidente da República, Cavaco Silva, e que os socialistas divulgaram no sítio da internet do partido.