Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise política: PS defendeu nas negociações eleições em maio de 2014

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jul (Lusa) - O PS defendeu nas negociações com o PSD e o CDS-PP a realização de eleições em maio de 2014 e pediu o fim dos cortes de 4,7 mil milhões de euros e dos "despedimentos na função pública".

Nas propostas do PS para o "compromisso de salvação nacional" pedido pelo Presidente da República encontra-se a de "parar com as políticas de austeridade".

"Parar com os cortes de 4,7 mil milhões de euros acordados entre o Governo e a troika na sétima avaliação, nomeadamente, parar com os despedimentos na função pública, com mais cortes nas pensões atuais, com a 'contribuição de sustentabilidade do sistema de pensões' e com a redução de vencimentos", lê-se no documento disponibilizado no sítio da internet do PS.