Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise política: Há um rasto de degradação institucional e ao PS cabe ser alternativa - Sócrates

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 jul (Lusa) - O ex-primeiro-ministro José Sócrates considerou hoje que a crise política deixou um rasto de degradação institucional em Portugal, deixando o Governo mais desgastado, e frisou que ao PS cabe-lhe ser alternativa e representar quem discorda do executivo.

A posição foi assumida pelo ex-líder socialista no seu espaço de opinião semanal na RTP, pouco depois da comunicação ao país do ex-Presidente da República, Cavaco Silva, em que decidiu conservar em funções o Governo PSD/CDS até ao final da legislatura, "com garantias reforçadas de coesão".

"Esta crise política deixou um rasto de degradação institucional que não se pode ignorar, principalmente para o Governo e, de certa forma, para o Presidente da República", defendeu José Sócrates.